4 Tipos de Roubos que Podem ser Evitados Quando se tem um Cofre | PM Cofres
Telefones Comerciais
11 3984 - 3207
Suporte Técnico
11 95888 - 9277

Blog

Tudo sobre cofres

4 Tipos de Roubos que Podem ser Evitados Quando se tem um Cofre

Postado em 21 de setembro de 2015

Será que é possível, nos dias atuais, não se preocupar com a segurança de nossos familiares e também de nossos bens? Infelizmente, na sociedade em que vivemos, o sentimento que mais toma conta de nossas vidas é a insegurança e a tensão.

Por isso, é preciso estar atento a todas as possibilidades que possam nos dar uma sensação de bem-estar. E uma dessas opções é o cofre, o grande inimigo dos ladrões. Ele pode evitar que bens pessoais sejam roubados e, com isso, sua utilidade é enorme em nossas vidas.

E para que você se convença de uma vez por todas da eficiência dos cofres, separamos quatro tipos de roubos que podem ser evitados quando mantemos os nossos bens guardados em um cofre.

1 – Comércio

1 (5)São Paulo, o principal estado do Brasil, sofre cada vez mais com a onda de assaltos ao comércio.

De acordo com dados da Secretaria Estadual de Segurança Pública (SSP-SP) e também do Sindilojas – SP, o número de assaltos a estabelecimentos comerciais tem aumentado nos últimos meses, em comparação com o mesmo período de 2014.

De acordo com comerciantes e lojistas, os estabelecimentos são invadidos, na maioria das vezes, durante a madrugada, período em que as lojas estão desabitadas.

A utilização do cofre em estabelecimentos comerciais é de suma importância, pois bens importantes e também o dinheiro arrecadado e que ainda não foi transportado para um banco precisam estar em local que não tenha possibilidade de violação.

A Gaveta para dinheiro é uma excelente opção para guardar quantias menores de dinheiro do comércio e/ou o uso de um cofre maior para quantias maiores.

2 – Casas Lotéricas

1 (3) De acordo com a Polícia Civil, estabelecimentos como Casas Lotéricas são bastante vulneráveis a assaltos.

No sul de Minas Gerais, por exemplo, existe uma média de quase um assalto por semana.

Juntamente com agências dos Correios e Caixas Eletrônicos, as Casas Lotéricas são muito visadas pela constante movimentação de dinheiro ao longo do dia.

A utilização do cofre é uma ação positiva, tendo em vista que a maior parcela do dinheiro arrecadado com pagamentos de contas e jogos da Loteria poderia ser mantida em segurança.

A PM Cofres, ciente do alto risco a que estão sujeitas as casas lotéricas, desenvolveu uma linha específica para este tipo de estabelecimento.

Os cofres blindados da PM Cofres são de extrema segurança e confiabilidade.

Construídos com blindagem química e boca de lobo, a empresa desenvolveu modelos bastante discretos e seguros, exatamente como este tipo de negócio necessita.

3 – Empresas

 1 (4)Um dos grandes índices de assaltos é o cometido em empresas por seus colaboradores.

De acordo com dados do Instituto Provar/FIA (Programa de Administração do Varejo da Fundação Instituto de Administração), cerca de 16% das perdas em empresas são geradas por furtos realizados pelos próprios funcionários.

Pequenas e médias empresas são as que mais sofrem com isso, pois costumam ser menos profissionais nas suas relações com os funcionários, gerando, em muitos momentos, um clima muito amistoso e de confiança exagerada.

É de fundamental importância a presença de um cofre nas empresas, onde a chave e/ou segredo fique apenas de posse do dono e de pessoas de mais confiança.

4 – Residências

1 (2) De acordo com a Polícia Militar, é importante não deixar quantias altas em casa. E, os bens materiais que ficarem na sua residência, devem ser mantidos em cofres.

Os cofres devem ficar em locais camuflados. Ainda segundo a PM, grande parte dos roubos a residências tem participação de pessoas de confiança, que frequentam a casa e informam aos comparsas sobre a presença de dinheiro, joias e outras peças de valor, bem como da localização do cofre.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social, de janeiro a junho deste ano, 312 casas no Distrito Federal foram assaltadas e, a maioria delas, não possuía cofre.

Também se sugere que valores importantes sejam depositados em cofres de bancos ao invés de serem guardados em casa.